sábado, 3 de maio de 2008
Lá vai ela, passando e deixando seu perfume no ar. Chama a atenção de todos mas nem liga. Não por maldade mas por inocência. Seu coração ainda não está preparado pras malícias da vida. Seu rebolado é inerente e não elaborado. Seu sorriso não é insinuante,é ingênuo. Seu toque não é excitante,é afável. Sua voz autoritária carrega uma sonoridade infantil... Ela quer abraçar o mundo com seus dedos longos numa mão pequenina. O mundo... Esse lugar tão pequeno pra sua cabecinha... Acha que pode mudar tudo;acha que o amor existe e que tudo vence. E ela passa pra lá e pra cá. E nesse passeio carrega meu coração. O que será que ela quer, o que será que ela pensa? Será que ela vai reparar em mim? Ela é tão contida em seu próprio mundinho... Ela é graciosa no seu linguajar,ela toca e ama só com o olhar... Quem me dera beijar sua boca e seu corpo abraçar. Queria pô-la em meu braços e ninar,sua cabeça afagar,seus cabelos cheirar...
Ela é um mundo de descobertas,de inovações,de mudanças... Ela é menina,ela é mulher... Ela é.
 
posted by santadopaoco at 12:53 | Link para este Post |


1 Commentários:


  • At 3 de maio de 2008 13:23, Anonymous Anônimo

    Aii q linduu!!! rsrss
    Adoro poesias assim, são as minhas preferidas!
    Ps: vc escreve muito bem!!!
    rsrsrs
    bjusss